Ao longo do seu percurso musical participou em Masterclass com vários trompistas como Paulo Guerreiro, Hélder Vales, Lourenço Zarzo, Jorge Barradas, Javier Bonet, entre outros.

Realizou várias Masterclass e foi coordenador de Naipe nos 3 Cursos de Jovens Musicos (Filarmonias) realizado em Ansião, nos Estágios de Orquestra de Sopros em Mação, nos Estágios de Orquestra de Sopros do Médio Tejo, em Tomar e 1º Masterclass de Trompa realizado pelo Grupo Musical Pampilhosense, no Estágio da Banda Sinfónica de Leira e nos Estágios de Brass Band e Percussão do grupo The BellsBrass Ensemble.

Em 2007 foi convidado a ser solista, interpretando o “Concerto Nº1” de W. A. Mozart realizado pela Escola de Música Canto Firme, em 2012 interpretou a peça “Cape Horn” de Otto Schwarz realizado no 1º Estágio de Orquestra de Sopros organizado pela Sociedade Filarmónica Penelense sob a direcção de Alberto Roque e em 2013 foi convidado a ir à Holanda realizar um Concerto a Solo com a Frysk Fanfare Orkest sob a direção de Jouke Hoekstra.

Em 2015 realizou dois estágios pela orquestra sinfónica da ESART, como 1º Trompa solista sobe a orientação dos maestros Luís Carvalho e José Eduardo Gomes.

Em 2016, no 10º Estágio da Orquestra de Sopros do Médio Tejo, em Tomar, foi solista convidado para interpretar a obra Gjallarhorn de Ferrer Ferran (estreia nacional).

Participou em vários estágios de Orquestra como a Orquestra Nacional de Sopros dos Templários sob a direcção de António Saiote, Alberto Roque, Carlos Amarelinho, Octávio Más Arocas, Jonathan Grethen e Nuno Leal, Estágios de Orquestra de Sopros realizado pela Escola de Musica Canto Firme sob a direcção de Jouke Hoekstra e Luís Carvalho, Estágio de Orquestra Médio Tejo, Estágio de Orquestra de Sopros do Orfeão de Leiria sob a direção de André Granjo e Estágio de Orquestra de Sopros e Percussão realizado em Mação sob a direcção de Simão Francisco e Tiago Alves. Participou no Estágio de Orquestra Sinfónica de Santa Maria da Feira sob a direcção de Paulo Martins. Foi membro da Orquestra Sinfónica Juvenil sob a direcção Christopher Bochmann e integrou a Orquestra Sinfónica de Thomar em Dezembro de 2016. Em 2015 foi convidado, como reforço, a integrar a Orquestra Sinfónica Portuguesa (Teatro de São Carlos). Frequentou workshops para jovens músicos em Oeiras sob a orientação do Maestro Délio Gonçalves, entre outros. Em 2016 integrou no progeto da Orquestra de Câmara Ars Lusitana (Leiria), sob a direção do maestro Alberto Roque. Em 2017 integrou o IIº estágio da Orquestra Sinfónica de Thomar. Neste mesmo ano integrou também na Orquestra Sinfónica de Leiria sob a direção do maestro Matthew George e no XI estágio da Orquestra Sopros do Médio Tejo sob a direção de Felix Hauswirth.

Desde 2013 é responsável pela direção artística do ensemble de metais dos cursos profissionais de sopros e percussão até à presente data.

Maestro na Banda:

Contacto

Email: brunohorncruz@hotmail.com