Vítor Albino Teixeira de Sousa iniciou os seus estudos musicais aos 12 anos com o professor Joaquim Rocha,desenvolvendo parte teórica e instrumental. Aos 14 anos ingressa na Banda de Gueifães Maia, continuando a desenvolver teoria musical e instrumentalcom vários Maestros que trabalharam na Banda como Moisés, Nunes, Joaquim Fernandes e Augusto Araújo. Em 1988 após exame íntegra a Banda da Região Militar Norte, como trombonista,tendo como chefeda Banda o Sr. Major Gonçalves. Em 1989 é convidado a integrar a Orquestra Ligeira da R.M.N(Exercito,) tocando em parceria com a Banda R.M.N. No ano 1990 é louvado pelo seu chefe de Banda Sr. Major Armandino, por ter atingido a bitola artística meritória em trombone de varas . Após cinco anos de vida militar abandona por sua iniciativa a Banda da R.M.N e Orq. Ligeira. Decorria o ano 1993 quando fez parte do quadro da Orquestra Ligeira da Maia. Em 1996 ingressa na Banda de Famalicão e Orquestra Ligeira “Alla Breve” como trombonista. No mês de Julho de 2003, faz o seu primeiro ensaio como responsável artístico da Orquestra Ligeira “Alla Breve “ composta por cerca de trinta elementos, Orquestra que deliciou vários concelhos no Pais e no estrangeiro . Em 2003 faz o seu primeiro curso de direcção de Bandas, orientado pelo Sr. Tenente-coronel Jacinto Montezo , Maestro da Banda Sinfónica da G.N.R . 2006 é o ano que desenvolve na “CASA DA MUSICA “ (Porto) o tema Musica e Matemática com professores de matemática da Universidade do Porto e escola Superior de Musica nas seguintes especialidades: música de câmara e orquestral,composição,musicologia,história da música, acústica ,análise e teoria e estética musical. Em Janeiro de 2007 faz o curso de direcção com o Maestro José Ignacio Petit, este, estudou no Centro de Estudos Musicais Allegro em Valência e em Outubro de 2005 é galardoado com o prémio de melhor Maestro no XII internacional competição pela Sinfónica Wind Bands Ostrava (República Checa), é licenciado com distinção, em direcção de Bandas por The Royal Schools of Musico of Londres como estudou direcção com vários Maestros de nome Internacional como Ferrer Ferran . Na data de 17 de Fevereiro de 2007 acaba por sua iniciativa o elo de ligação com o Grupo Recreativo e Musical Banda de Famalicão como com a Orquestra “Alla Breve”. A 16 de Fevereiro de 2008 frequenta o curso de Direcção Coral e Instrumental orientado pelo Maestro Henrique Piloto, Maestro da Orquestra de Câmara de Sintra, Nova Orquestra de Lisboa e da Orquestra Jovens Músicos como foi Maestro de várias Orquestras Internacionais. Em Abril de 2007 abraça um novo projecto como responsável artístico da Orquestra Ligeira“ Ritmos Ligeiros “. No dia 9 de Dezembro de 2009 é convidado a abraçar um novo projecto como Maestro e responsavel artistico da Banda Marcial da Foz (Filármonica do Porto). O seu estudo a longo prazo é na área de direcção de Orquestra. Tem sido ao longo deste tempo músico convidado de várias Bandas Filarmónicas e Orquestras Ligeiras. Na data de 29 Setembro de 2012 abandona por sua iniciativa a Banda da Foz do Douro .