Agenda :

De momento não existem eventos registados

19 de Julho, 2019

Banda da Covilhã – 148º Aniversário

Clique na imagem para ver o tamanho original

A Banda da Covilhã assinala mais um aniversário em festa, em comemoração e muita música. Baluarte das tradições centenárias em Portugal, é hoje uma das coletividades mais antigas da cidade e do concelho da Covilhã. Promove a música de uma forma única, inclusiva, pedagógica, criativa, social, artística e cultural.

Em dia de mais um aniversário, é tempo de balanço, de homenagem, mas de projetar o futuro, porque ele está já aí. Assim, ao longo do último ano, a Banda da Covilhã mais uma vez ultrapassou de longe o seu plano de atividades, o que mostra bem o empenho, o esforço e a dedicação de todos quantos se associam a ela. Destaque para o concerto no New Hand Lab intitulado “Bugs” que foi um verdadeiro sucesso; a deslocação em maio a Loulé, o retomar do concerto de verão no jardim, o Festival da Cherovia, o retomar do Festival de Bandas no dia 5 Outubro, entre outras iniciativas que mobilizaram milhares de pessoas e que nos ajudam a construir o futuro com entusiasmo e esperança.

Destaque para a formação musical e instrumental, onde dezenas de crianças frequentam a Academia de Música da Banda da Covilhã, e que são guarente do futuro da Banda da Covilhã. Um ensino onde os instrumentos são emprestados gratuitamente, há bolsas de estudo para alunos carenciados e uma propina simbólica para quem pode ajudar.

Programa das Comemorações
O dia de aniversário é o dia 1 de Dezembro, dia da reorganização em 1944 e que será celebrado com o içar da bandeira pelas 11.30 frente à sede e uma romagem ao cemitério.

Já no domingo, dia 2 de Dezembro pelas 16:00 a Igreja da Santíssima Trintada (estação) recebe o concerto de aniversário sob as batutas dos maestros Carlos Almeida e Simão Francisco, onde este ano o destaque e os solistas é/são banda/músicos no seu conjunto e a música para banda. Quanto ao programa numa primeira parte ele percorre os primórdios da composição para orquestra de sopros e percussão com a 1ª Suite para Banda Militar de Gustav Holst, Festival Prelude de Alfred Reed, Dum Spiro Spero de Chris Pilsner, numa segunda parte The Last Of Mohican, Sparks Of the Oriental Ligt de J. I. Blesa entre outras obras serão interpretadas pela jovem Banda da Covilhã. Este concerto conta com o apoio da Paróquia de Santa Maria, Município da Covilhã, União de Freguesias de Covilhã e Canhoso, Remax Ideias e Óticas Lince.

As comemorações encerram no domingo, dia 9 de dezembro com missa de sufrágio e ação de graças pelas 10:15 na Igreja de S. Francisco (Jardim), almoço e confraternização, bolo e batismo dos novos músicos estagiários, que este ano serão 5.

Eduardo Cavaco