Sociedade Filarmónica União e Progresso Madalense

Clique na imagem para ver o tamanho original

A Sociedade Filarmónica União e Progresso Madalense foi fundada, na Vila da Madalena, Ilha do Pico, Açores em 15 de Janeiro de 1917. Foram dezanove os Músicos que iniciaram então a actividade musical, um projecto que se foi cimentando ao longo dos anos, de geração em geração, com sacrifícios é certo, mas com muito entusiasmo e dedicação. Imbuídos neste espírito temos como objectivo continuar a trabalhar em prol do progresso, modernização, inovação e aperfeiçoamento desta Instituição nas diversas áreas de intervenção, garantindo a continuidade do projecto dos nossos bisavós, avós e honrando a memória dos seus Fundadores. Ao longo dos anos tem sido desenvolvido um trabalho junto dos jovens, principalmente através da escola de musica que inicia crianças e jovens na aprendizagem da musica recrutando novos valores, que são a maioria dos nossos cerca de sessenta músicos, não só pelo ensinamento da musica, mas também no bom espírito de convivência e respeito pelas diversas idades que compõe esta Sociedade Filarmónica. Os contactos e intercâmbios com outras Filarmónicas permitem-lhe novos conhecimentos, sendo inovadora no seu meio, ao nível de repertório e de algum instrumental utilizado. As inúmeras deslocações efectuadas pelas Ilhas da Região Autónoma dos Açores, Portugal Continental, Estados Unidos da América, Canadá e Brasil, levando bem longe o retrato dos nossos usos e costumes e bem assim a divulgação do nosso Concelho, Ilha e Região constituem um importante marco na história desta Sociedade. Assim em 1959, participa no Festival de Filarmónicas organizado pela FNAT, na cidade da Horta, voltando a marcar presença no mesmo tipo de evento em 1968. Antes da sua primeira deslocação ao estrangeiro (1977), Estados Unidos da América e Canadá, fez a sua primeira gravação discográfica, 1976, editada em LP e Single. Em 1983 inaugura a sua Sede Social, tendo a mesma sofrida obras de ampliação e remodelação entre os anos de 2000 e 2004, criando melhores espaços e condições para organização de eventos culturais, reuniões, convívio e divertimento para todos, garantindo através de uma boa conservação do edifício uma maior hospitalidade e bem estar à população em geral. Por despacho do Senhor Presidente do Governo Regional dos Açores de Novembro de 1994 é atribuído o título de Associação de Utilidade Pública. Em 1996 efectua a sua primeira gravação digital -CD- editando um novo registo em 2003 com o título “Festa no Pico”. Gravando em 2007 o seu terceiro registo digital intitulado em “Tons de Verde e Azul”. No seu percurso musical destaca-se ainda o concerto inédito pelas Festas de Santa Maria Madalena em 2003 em conjunto com os Coros da Academia Musical da Madalena e Padre Tomaz Borba da Ilha Terceira, depois de ter efectuado concerto idêntico nas Sanjoaninas, Festas da cidade de Angra do Heroísmo, este só com o coro da Ilha Terceira.


Dados da Banda

Morada: Rua Visconde Leite Perry
CP: 9950-341 MADALENA
Telefone: 292 622 485
E-mail:
Website: http://www.sfupm.com