Luciano André Pinto Pereira, Iniciou os seus estudos musicais em Flauta Transversal com a idade de 11 anos na Banda Musical de Loivos sob a orientação do Maestro Lourenço Costa. Com 15 anos ingressou na Fundação Conservatório Regional de Gaia na classe de Flauta Transversal do prof. Jorge Correia Salgado, onde viria a terminar o curso complementar com distinção. Em 2004 iniciou a Licenciatura em Música da Universidade de Aveiro, área de Flauta Transversal com o mesmo professor. Paralelamente tem aprofundado os seus estudos em Flauta Transversal com os mais diversos mestres, entre eles Michel Debost, Vicens Prats, Felix Rengli, Jorge Charievsky e Ana Maria Ribeiro. Colabora regularmente com a Orquestra Filarmonia das Beiras e com a Filarmonia de Gaia e faz parte da Banda Sinfónica da Bairrada e da Orquestra e Banda Sinfónica de Jovens de Santa Maria da Feira, com as quais já teve a oportunidade de trabalhar com vários maestros, entre os quais Paulo Martins, Vassalo Lourenço, Luís Carvalho, Vasco Pearce de Azevedo, Jan Cober, Ernst Schelle, Mário Mateus, José Pascual Vilaplana e Lorenzo dela Fonte. Foi agraciado em 2007 com o 3º prémio em Flauta Transversal - Cat. Sénior no Concurso de Instrumentos de Sopro "Terras de La Salette". Como docente de Flauta Transversal já lecionou na Fundação Conservatório Regional de Gaia, Academia de Música de Castelo de Paiva, Conservatório Regional de Música “Azeredo Perdigão” – Viseu e no Conservatório de Música da Póvoa de Varzim – ProMúsica. Em 2008 assumiu o lugar de Docente da disciplina de Classe de Conjunto – Orquestra de Sopros da Academia de Artes de Chaves, que viria a tornar-se a Orquestra de Sopros da AAC. Com a Orquestra apresentou-se em vários concertos na região, destacando-se as participações no Festival Filarmonia ao Mais Alto Nível (Santa Maria da Feira) em Novembro de 2010, a participação no Festival Música Viva (Mateus – Vila Real) e a participação no III Concurso Internacional de Bandas “Ateneu Vilafranquense”, onde a participação da Orquestra foi agraciada com o 2º lugar da 3ª Categoria (2010) e o Prémio Tauromaquia (2014). Destaca-se ainda o 1º Prémio na IV Mostra Musical do Eixo Atlântico, na Categoria de Agrupamentos Maiores e os prémios “Grand Premier Prix” e “Diffwinds Award” obtidos no conceituado festival Diffwinds 2014 – Luxemburgo, assim como a menção especial do júri obtida “para a valorização da tradição musical portuguesa”. Desde então tem realizado masterclasses no âmbito da Direção de Banda/Orquestra de Sopros, trabalhando com Maestros como Carlos Marques participando ainda num Estágio de Orquestração com o Maestro Teodoro Aparício Barberan. Atualmente frequenta o Curso de Direção da Academia Portuguesa de Bandas sob a orientação do Maestro Paulo Martins. Entre 2010 e 2012 assumiu a Direção Artística da Banda de Música de Carlão – Alijó. Atualmente é o Diretor Artístico da Orquestra de Sopros da Academia de Artes de Chaves e da Banda Musical de Loivos. Paralelamente desempenha os lugares de professor de Flauta Transversal e Diretor Pedagógico da Academia de Artes de Chaves.

Maestro na Banda:

Contacto

Email: lucianopereira.flt@gmail.com